Curso Técnico ou Profissionalizante? Qual a diferença? Por qual deles optar?

Curso técnico e profissionalizante

Apesar de serem semelhantes, existem algumas diferenças entre o curso técnico e profissionalizante. Algumas características são bem marcantes e precisam ser levadas em consideração na hora de escolher. Mas afinal, qual a melhor escolha, Curso Técnico ou Profissionalizante? Qual a diferença? Por qual deles optar? Conheça mais sobre cada um deles antes de fazer a sua escolha.

As principais semelhanças entre o curso técnico e profissionalizante

Tanto o curso técnico quanto o profissionalizante possuem objetivos muito parecidos, portanto, em alguns aspectos, eles são semelhantes. Os dois oferecem aos interessados formação voltada para o mercado de trabalho. Por esse motivo, muitas das aulas fornecidas pelas instituições são práticas, assim os alunos têm a oportunidade de vivenciar na prática certas situações da “vida real”. São perfeitos para aquelas pessoas que buscam uma formação mais rápida do que aquela oferecida pelas faculdades e universidades de ensino superior, pois enquanto a duração dos cursos superiores são de no mínimo quatro anos, no caso do técnico e profissionalizante ela varia de seis meses a dois anos.

Muitos cursos técnicos recebem o nome de profissionalizantes por terem mais foco no mercado de trabalho, absorvendo assim algumas características próprias e bem específicas da profissão para a qual ele se destina. Dessa maneira, todos os alunos recebem um treinamento prático de situações que com certeza irão enfrentar em algum momento da vida profissional.

Curso técnico e profissionalizante

Principais diferenças entre o curso técnico e profissionalizante

Como mencionado acima, existem uma série de semelhanças entre o curso técnico e o profissionalizante. Todavia, há também algumas diferenças que devem ser consideradas na hora de escolher um dos dois. A principal delas diz respeito a aprovação do MEC, pois os técnicos precisam dessa liberação para poderem ser oferecidos, enquanto que para os profissionalizantes não há essa obrigatoriedade, pois eles não emitem nenhum tipo de diploma após o seu término. Na prática isso significa que os alunos que finalizarem um curso profissionalizantes irão receber um certificado contendo o nome do curso que foi finalizando. Nesse documento irá constar a assinatura do responsável pela instituição, porém ele não tem nenhuma validade junto ao MEC. Já aqueles que optam por fazer um curso técnico, além de receber esse certificado com todos os dados referentes ao curso, ainda contam com um diploma que possui reconhecimento total do MEC.

Os cursos técnicos exigem dos alunos um comparecimento mínimo para que possam emitir esse diploma, além de exigir a participação em um estágio, sendo que alguns ainda pedem um trabalho final para saber se o aluno está realmente preparado para entrar no mercado de trabalho. Sendo que no curso profissionalizante não há essa obrigação.

Curso Técnico ou profissionalizante? Qual deles escolher?

Na maioria das vezes, as pessoas que optam por fazer um curso profissionalizante já possuem algum tipo de experiência e vivência na profissão escolhida, dessa maneira, o curso é usado para ampliar o conhecimento, sendo muitas vezes utilizadas por empresas para fazer uma reciclagem nos seus funcionários. Já os cursos Técnicos abordam o tema de maneira que mesmo aqueles que não tenham nenhum tipo de contato prévio com a profissão escolhida possa adquirir esses conhecimentos para se preparar para o exigente mercado de trabalho, muitos usam essa modalidade como uma preparação para cursar o ensino superior.

Be the first to comment on "Curso Técnico ou Profissionalizante? Qual a diferença? Por qual deles optar?"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*